quarta-feira, dezembro 07, 2005

Ah... língua portuguesa...

Tantos licenciados em Letras sem emprego, será que ninguém sabe tratar a língua portuguesa com um mínimo de cuidado...?!
Que mal nos fez o "H"?

Fica sempre bem num jornal nacional...


JG

7 comentários:

thirdeye disse...

Ó João, lembras-te de cada uma. Essa agora - um jornalista ter que saber falar e escrever português correcto! Onde é que já se viu? Daqui a pouco estás a exigir que os funcionários públicos trabalhem mais do que 3 horas por dia e que os professores sejam capazes de ensinar alguma coisa aos seus alunos e que os políticos sejam capazes de resolver os problemas do país e que a Margarida Rebelo Pinto se lembre de escrever um livro em condições e que o Scolari descubra que há mais de 20 jogadores no activo em Portugal e que o Mário Soares descubra que devia estar sentado à lareira a escrever as suas memórias e que o Robbie Williams fosse capaz de compor uma música completamente original e que os Estados Unidos fossem capazes de invadir o Iraque por razões humanitárias e sei lá... que o Óscar fosse capaz de manter um diálogo minimamente lógico durante mais de 1,5 segundos...

João Gomes disse...

Bem... a habitual pertinência dos teus comentários faz-me desta vez interrogar sobre uma variedade enorme de coisas...

Tenho de defender os funcionários públicos... são duma pontualidade extrema... nunca falham a hora de saída... e normalmente até com dez minutos de antecedência... como eu gosto de ouvir aquela frase "desculpe lá não podemos atendê-lo... fechamos daqui a 10 minutos..."

Os professores... bem... isso tinha muito que se lhe dissesse... ou então é só uma forma de me livrar desta parte duma forma que pode, eventualmente, parecer inteligente...

Políticos... ouvi dizer que o Paulo Pedroso vai processar a nossa justiça ou algo assim... eu acho que sim... batam na justiça já que todos se queixam dela... mas não foi o governo do Paulo Pedroso que também deixou a justiça em num estado... digamos... vegetativo...?! (não percebo de política, não tenho partido [nem sequer entendo como se pode ser dum partido como quem é dum clube de futebol], mas também não os deixo andar à vontade... afinal também andam a mexer no meu dinheiro...)

A Margarida Rebelo Pinto escreveu livros interessantes... aliás, com o mesmo nivel de interesse da maioria das novelas ou do Lux... além disso, li um e até era em condições... tinha capa rígida, cores porreiras na imagem... de facto, tinha boas condições...

O Scolari... porque é que não o levaram para o Benfica... sempre me parece o melhor cemitério de treinadores que tenho visto ultimamente...

O Mário Soares... digam-me uma coisa, é da distância ou esta candidatura às eleições está a ser uma palhaçada?!
Eu bem vejo os telejornais à procura de algo interessante, mas nada...
Ninguém diz nada de importante, ninguém falo nos verdadeiros problemas, ninguém propõe nada, nem soluções nem ideias... ne tão pouco ideais... parece que estão todos preocupados em tentarem dizer o que os outros fazem mal.
O Mário Soares parece querer tentar uma carreira na Stand-up Comedy... o Cavaco Silva parece ainda mais velho que o Mário Soares e não perceber o que está ali a fazer... o Manuel Alegre tem sido uma grande desilusão para mim. Podia ainda falar do Gerónimo de Sousa e Francisco Louçã... mas não falo... até compreendo as suas candidaturas numa tentativa de fazer uma oposição produtiva... mas aquele tipo de oposição não me convence e nem sequer é o meu ideal de "oposição".
Não há ninguém interessante, com vontade e ideias para liderar o nosso país?!

O Robbie Williams até canta bem... agora em termos de músicas... eh pah... deixem lá isso... (reparem que nem sequer chego a tocar no ponto de serem ou não originais...)

Estados Unidos... bem, sobre o Iraque não digo nada... mas hoje ouvi um discurso comovente duma senhora americana sobre os métodos que a CIA usa para proteger o país... quase fiquei a chorar... mas depois lembrei-me que tinha um tacho no fogão há uns minutos e nunca mais pensei no assunto...

Mas a maior injustiça é de facto o Óscar (Óscar, ainda és vivo?! Um abraço para ti!), todo e qualquer discurso do Óscar faz sentido... tens é que ver pelo outro lado...

:D

Um abraço à Liga!

Anónimo disse...

LOL

Petrucci disse...

Oh meus amigos,mas o que vem a ser isto?...hã?
Bem, só queria dizer que em relação aos funcionários públicos, conheço alguns que me são muito chegados e digovos, que não representam essa maioria...estes, possivelmente, trabalham por todos os outros.

Em relação aos outros assuntos, gostaria apenas de referir que nos cabe a nós, jovens, lutar por levar o país ao bom caminho...comé apresentamos uma candidatura? e tenho o candidato ideal...com o seu discurso apelativo e incisivo, o òscar ganhava de certo!!

Óscar a presidente!!

Abraço à Liga!!

P.S: Que tal, uma candidatura com hino do Robbie Williams e discurso feito pela Margarida Rebelo Pinto?

:D

monstro disse...

Petrucci, também teremos de ser nós a "lutar" para que o Óscar tenha um discurso mais coerente? É que, se sim, eu desisto já.

Quanto ao "H"... e toda esta conversa... isto lembra-me uma expressão que os burros da escola usavam para se defenderem dos seus erros:

"Quem nunca se enganou
Mais burro ficou!"

A rima é verdadeiramente tosca e literariamente fraca, conjungando apenas no tempo verbal.

Era compresso, nesta rima, se alguém fizesse rimar duas palavras, de classes completamente diferentes.

Por conformismo (e por saudades!):
Abraço à Liga!

Daniela disse...

EU VOU SER PROFESSORA :D

João Gomes disse...

Isso explica muita coisa...