terça-feira, outubro 04, 2005

Os contrários

Continuando na onda das eleições, chamo a atenção para um texto de Mega Ferreira, publicado na Visão desta semana, sobre as ideologias de esquerda e de direita. Aqui vai um extracto:

"À direita interessa sobretudo consolidar uma estrutura social, económica e cultural herdada, embora introduzindo-lhe modificações - o chamado aggiornamento. A todas as visões de esquerda subjaz, pelo contrário, uma pulsão utópica, a de um mundo novo que, embora não tenha necessariamente que arrasar tudo o que se herda, submete esse legado a uma crítica acerada. A direita sabe que não há utopia absoluta - e di-lo. A esquerda democrática partilha ou não desse realismo - mas, em qualquer caso, acha que proclamar esse objectivo impossível é o desígnio do Homem, no exercício da sua liberdade. A direita é realista; a esquerda é idealista. "

3 comentários:

Petrucci disse...

...

João Gomes disse...

Ha observacoes que me parecem pertinentes depois de ler esse texto:

1. Imagino entao que a direita se propronha a oferecer uma realidade sem ideais.

2. (esta e' a que me assusta mais) Concluo entao que se esta a afirmar que nao e' possivel termos uma realidade com ideais que nos facam sentir orgulho no que podemos ser como povo e nos libertem a consciencia...

Posso ainda falar numa terceira semi-observacao: pode dar-se o caso de o senhor ter excrito aquilo porque a frase ate saiu bonita assim...

Um abraco a' Liga dos Cavalheiros... imaginem que... (nao, nao encontrei um coffe pot aqui...) ha aqui na universidade, uma daquelas maquinas de cafe duma conhecida marca que ha uns anos tinha um agradavel anuncio de TV com uma bonita mulher, num carocha e com uma conhecida musica que ficou no ouvido de toda a gente... essa maquina tem capuccinos (embora, por razoes obvias, ainda nao tenha descoberto exactamente em que botao devo carregar para sacar um capuccino)... e pronto... capuccino -> coffe pot -> Liga... lembrei-me de voces! :)

P.S. - Desculpa a falta de acentos mas aqui o pessoal na Polonia nao curte muito por acentos... a nao ser que seja em cima do N ou no meio do L ou doutra forma qualquer...

monstro disse...

A Liga... está em todo o lado!
Grande Abraço, João!

Quanto ao texto:
"Eh... falam falam falam falam... não dizem nada!"