segunda-feira, agosto 15, 2005

Hóquei em Patins

Há uns dias estive a observar com atenção a presença portuguesa no mundial de Hóquei em Patins nos Estados Unidos.
Esta modalidade sempre me fascinou, principalmente quando era criança... há cerca de três minutos e meio...

No entanto, reparo agora que muita coisa não faz sentido.

A minha grande questão é: qual a razão para o guarda-redes duma equipa de Hóquei em Patins usar patins?
O sujeito passa o tempo todo parado em frente a uma baliza que tem metade do seu tamanho. Nem sequer está de pé, está simplesmente de joelhos ou de cócoras.
No Hóquei no Gelo, praticado na terra do tio Sam, ainda se compreende que o guarda-redes use patins. Afinal, quando há confusão e "troca de mimos" o guarda-redes também tem direito a deslizar sobre os patins para se juntar à "festa".
Mas no Hóquei em Patins já não existe essa desculpa. Quanto muito o guarda-redes pode dizer que precisa dos patins para se deslocar dos balneários até à baliza. Mas nesse caso poderia, chegado à baliza, descalçar-se e colocar os patins a arejar dentro da baliza. Os guarda-redes de futebol têm lá uma toalhinha, porque não podem os de hóquei ter uns patins?!

Poderia até, eventualmente, pensar-se, em vez dos desportos para-olímpicos, atribuir-se a tarefa de guarda-redes a alguém paralisado da cintura para baixo. Se repararem bem, raramente um guarda-redes de Hóquei em Patins mexe as pernas.

Para concluir: como poderá uma modalidade aspirar a alguma credibilidade quando a mítica camisola número 10 é usada pelo guarda-redes (guarda redes da selecção espanhola)?!

JG

4 comentários:

monstro disse...

J.G.... Acredito que tal facto não se prenda mais do que com o factor social. (Frase alitérica.) O Guarda-redes do hóquei em patins usa patins por... "Conformidade" (peço desculpa por tamanho palavrão). E "Conformidade" é mesmo o termo científico usado para definir tal situação.

O Guarda-redes ía-se sentir excluído do resto da equipa se não usasse patins.
Quero eu dizer... todos nós já usamos patins uma vez na vida para nos sentirmos incluídos, ou não?
Assim... mesmo sabendo que os patins não dão jeiteira nenhuma e que, por causa deles, irá sofrer, pelo menos, mais dois golos do que sem eles, usa-os com estima.

PS.: Subscrevo-me com estima! == Rasuro-me com afinco! ?

Petrucci disse...

Agora sim...a Liga começa a fazer sentido... :D

quero pegar neste assunto abordando outro ponto de vista...vendo bem, os patins não são só o único acessório que merece atenção...como é que eles se conseguem mexer com aquela armadura que os obriga a manter-se na posição "fetal"?...pois, é mesmo este o termo científico usado para definir tal situação

thirdeye disse...

Da última vez que me puseram os patins senti-me completamente excluído. E aquela posição fetal é ideal para "desabafar" - não, não é o termo científico utilizado.

monstro disse...

Bom,... LOL.
Isso do "Dasabafar em posição fetal"... muda tudo!

Cem comentários!