terça-feira, maio 10, 2005

Respondendo...

"Tenho ainda uma pergunta para o João que era (tipicamente "à português": "tenho" e "era"):
- João, TAC é a segunda interjeição do relógio? (de TIC, TAC)..."

Efectivamente, e já que resolveste não apenas ignorar a concordância verbal dos dois verbos, mas essencialmente fazer questão que ela não existisse, vou também começar esta minha resposta baseando-me no típico português que conduz um Punto GT com néons azuis e tem um fio dourado ao pescoço tão grosso que parece uma coleira de animal:
- Não tens nada a ver com isso!

É que, não sei se já repararam, o típico português, com a sua pose de eu-é-que-sou-o-maior-e-mando-nisto-tudo, responde a qualquer questão, seja ela qual for e mesmo sem nela pensar, com um simpático e convincente "não tens nada a ver com isso!".
- Podia dizer-me as horas, por favor?
- Não tens nada a ver com isso!

Mais a sério (é a prova que é possível falar a sério neste blog): não!
TAC NÃO é a segunda interjeição do relógio!
É precisamente a primeira! Aquela coisa do TIC TAC é só para disfarçar.
A verdade é que o relógio faz TAC TIC. No entanto, se repetirmos várias vezes obtemos:
TAC TIC TAC TIC TAC TIC TAC TIC TAC TIC...
Há uma teoria científica altamente fundamentada que afirma que é o ouvido humano que só distingue um TAC se ele surgir depois dum TIC.
Essa é a explicação para a maioria das pessoas afirmar que um relógio faz TIC TAC.

Sempre disponível para mais explicações de caracter científico.

JG

P.S. - ainda pensei se deveria responder ou não... é que depois de me teres mandado um beijo num comentário do primeiro post do blog, comecei a achar que esta estava a tornar-se numa relação demasiado próxima para minha masculinidade... é que começamos pelo blog e qualquer dia estás a fazer-me festinhas atrás da orelha com o arco do violino enquanto fazemos o passo e cantamos...
Já estou como o Óscar: eu pensava que vinha para aqui para engatar gajas!
:D

23 comentários:

monstro disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh bom!





O que???????


E deixo já aqui um pequeno prefácio para o meu próximo Post:
"Não consigo atingir a leveza!"

O.k, era isto.
(Grande João, Páh! 'Amanda-me daí esses ossos!')

thirdeye disse...

Ok, eu até posso compreender a vossa discussão, o Tic e o Tac, os Hospitais e as gajas... mas, afinal, o que é essa história da "interjeição"?

monstro disse...

Thirdeye sempre, como hei-de dizer...

sempre...

Pertinente.

Fui ver ao dicionário (como se estivesse a pensar antes de falar) e encontrei:

"do Lat. interjectione

s. f., palavra ou locução com que se exprimem diferentes estados de alma;
"

É assustador!

Anónimo disse...

Numa tarde abafada...ainda mais abafada do que la fora, sabe bem uma lufada de ar fresco para descontrair.
Aqui assa-se, torra-se, evapora-se....e que mais? Muito mais, e tão pouco....

thirdeye disse...

Olá, olá...
A coisa está a ficar feia.

Que estado de alma exprime o Tic?
A mesma questão para o Tac.

alchemist disse...

mas cum camandro que isto é tudo malta ajuizada e ninguém percebe. amigos: o relógio faz sepre a mesma coisa. isto é assim, chegas a uma ourivesaria e dizes: "quero um relógio de TIC." e o teu relógio faz TIC TIC TIC. o mesmo para o TAC.
e um pormenor, jg: já tens o punto... o resto aproxima-se...

monstro disse...

Thirdeye, estive a pensar no assunto e cheguei à conclusão de que a resposta às tuas perguntas podiam ser dadas da mesma forma que fizeste aquelas, senão repara:

O TIC exprime um espasmo em cada 2 segundos.
A mesma resposta para o TAC.

Quanto ao Punto do JG, subscrevo e assino!

monstro disse...

E pensar que me lembrei disto enquanto almoçava... :S

Petrucci disse...

segundo um ganda maluco, vocês têm é que ver isso pelo outro lado...

thirdeye disse...

Estive a estudar atentamente um relógio e, na verdade, em cada segundo ele exprime-se duas vezes. Em cada segundo há, portanto, um Tic e um Tac.

E a pergunta agora é:

Porquê um espasmo?

monstro disse...

1º por causa da (:P lol) inércia.
A lei da inércia diz que se estás parado, parado queres ficar! Durante quase 1 segundo (já adaptando ao que disseste) o ponteiro está parado...
logo, parado deveria continuar!

Mas não! E o que o faz mecher naquela milhionésima parte de tempo não pode ser mais nada senão um espasmo...
Request for Comments :P

2º Porque eu estava a almoçar... e na cantina há muita mas muita gente!

3º Porque não?

Petrucci disse...

espasmo

s.m. (med) contração involuntária e compulsiva dos músculos; (fig.) êxtase; deliquio.

aqui fica a pergunta: onde estão os musculos no TAC TIC?

thirdeye disse...

Como o primeiro é em contratempo poderá ser um soluço. O segundo sendo a tempo deverá ser um espasmo.

monstro disse...

Depois disto tudo... quase me atreveria dizer que os músculos do TAC estavam no TIC e os do TIC, estavam no TAC.
Mas eu disse quase e depois de me lembrar como isto começou (o JG foi fazer um TAC) quase me envergonho!

Petrucci disse...

realmente, devias envergonhar-te...até de inércia ja se falou...pfff...

thirdeye disse...

Eh pá, isso dos músculos põe o assunto num patamar mais anatómico. Como vamos resolver isto?

Petrucci disse...

dizem que os relógios so funcionam se estiverem em contacto com o ser humano...o que so por si torna este assunto muito abrangente...note-se que ja aqui se falou desde espasmos a inércia, e que tudo advem do TAC que o joão foi fazer, que envolve, so por si, reações quimicas...por isto, e por mais qualquer coisa...acho que o TAC ven antes do TIC tal como a diástole vem antes da sistole

monstro disse...

Co escafandro!

É quase como se a pistola estivesse antes do tiro, ou as luzes néon antes do Punto JG.

Descanso aqui a desssfesa!

thirdeye disse...

Tenho aqui, mesmo na ponta da língua, mais alguma coisa para dizer mas encravei no Tic, não me sai o Tac... Porra.

Filipe Alves disse...

Resta saber se o Tac tem alguma coisa a ver com um famigerado TRACK...Não aquele óbvio track, relacionado com gases sob pressão! Estava a tentar referir-me ao TRACK, como pista audio(ou não)...

Bem, estou confuso... acho que me vou retirar airosamente antes de dizer mais alguma barbaridade!

Abraços e beijinhos!

P.S. Penso que já não vou a tempo de receber qualquer tipo de comentário a isto, de qualquer forma, aqui fica o meu humilde contributo!

monstro disse...

Realmente... já nem eu venho aqui ver os comments...

Mas "vê as coisas pelo outro lado":
Estás sempre a tempo de largar um TRACK... ou no sentido que tu lhe deste de "ouvir" um TRACK.
Até a minha avó diz:

"Nunca é tarde demais para largar um TRACK... e quando o faço, sinto-me mais jovem!"

(É claro que estou a brincar, na parte do "jovem").

Quanto a tudo o resto, gostaria de deixar claro, reportando-me a uma private joke do Thirdeye, que o relógio de que falei ao início era um relógio digital sem capacidade sonora. Imagine-se... :S

thirdeye disse...

Sabes quantas vezes, em 24 horas, esse relógio digital mostra uma hora perfeitamente simétrica?

monstro disse...

Se não estiver no modo Am Fm :P para aí umas 16:

00:00
01:10
02:20
03:30
04:40
05:50
10:01
11:11
12:21
13:31
14:41
15:51
20:02
21:12
22:22
23:32